Bruxelas (Bélgica), 29/06/2021 - A cadeia de abastecimento continua a enfrentar imensa pressão em resposta ao crescimento do comércio eletrónico, aos mercados globais exigentes e às expectativas dos clientes. Com a pressão e a incerteza adicionais causadas pela COVID-19, a eficiência na execução é mais crucial do que nunca.

  • Durante o confinamento em 2020, 65% das vendas foram efetuadas online, em comparação com 34% antes da crise
  • 78% dos clientes ponderariam não voltar a utilizar um retalhista se uma entrega falhasse ou chegasse atrasada três vezes
  • 62% dos retalhistas não têm acesso a dados inteligentes em tempo real

Delivery excellenceNo seu mais recente ebook, Otimizar da primeira à última milha quando a eficiência na execução é determinante, a empresa de tecnologia da cadeia de abastecimento Zetes explora as razões por detrás das entregas falhadas e o custo para os retalhistas e para o ambiente. Refletindo sobre o impacto da pandemia, explica como os líderes de mercado estão a alcançar a excelência nas entregas sustentáveis através de tecnologia que melhora a capacidade humana.

Exigências incessantes dos clientes 

A COVID-19 acelerou a mudança das lojas físicas para as compras online, com seis em cada dez consumidores a referir que vão continuar a comprar online no futuro. Para se manterem competitivos, os retalhistas estão sob pressão para oferecerem entregas rápidas e atualizações em tempo real. No entanto, num mercado de comércio eletrónico em rápido crescimento, as taxas de primeira tentativa de entrega falhada podem chegar aos 20%.

Consequências financeiras, para a marca e ambientais

O retalhista ou motorista terá, provavelmente, de suportar o custo das entregas falhadas (cerca de 15 euros por entrega) e a fidelização dos clientes também fica comprometida. São geradas 420.000 toneladas de CO2 pelos veículos de entrega exclusivamente para efetuar novas tentativas de entrega. 

Soluções para cadeia de abastecimento

Da primeira à última milha, todos os pontos de contacto na cadeia de abastecimento representam uma oportunidade para otimizar a entrega. Os líderes de mercado alcançam uma execução sem falhas ao ganharem o controlo através de tecnologia dimensionável que melhora a capacidade humana e partilha dados. Tal inclui a automação, tecnologia de picking por voz baseada na visão e multimodal, soluções de prova de entrega eletrónica (ePOD, electronic Proof Of Delivery) de próxima geração, análise preditiva e gestão proativa de alertas. 

"A pandemia está a criar oportunidades de comércio eletrónico a longo prazo, mas apenas para os retalhistas que priorizam o investimento tecnológico na visibilidade." Tiago Conceição

Tiago Conceição, especialista em soluções de transporte na Zetes: "As cadeias de abastecimento modernas são complexas e multi-níveis. À medida que o volume das parcelas e as exigências dos clientes aumentam, a mitigação das entregas falhadas é crucial para um futuro sustentável. A pandemia está a criar oportunidades de comércio eletrónico a longo prazo, mas apenas para os retalhistas que priorizam o investimento tecnológico na visibilidade e no controlo da cadeia de abastecimento."

Faça o download do ebook completo "Otimizar da primeira à última milha quando a eficiência na execução é determinante".

Modular Content

Faça o download do ebook